Pandemia das Lives e dos conteúdos gratuitos

Fotografia: Renan Grangeiro

Junto a pandemia do Corona Vírus veio também a pandemia das Lives de Dança. Claro, momento propício para aparecer on-line, já que todo mundo vai tá em casa, terei público! Vai lotar a live! Todo mundo vai fazer o curso! Os posts no Instagram aumentaram 70% no número de comentários! Mas será que ganhar audiência fácil demais é positivo? Dependo do seu produto, não. Eis que vem a surpresa, é muito fácil consumir produto que basta clicar uma vez para ter. Sem preço, sem cadastros, sem BARREIRAS! Pense bem, a classe artística inteira dando aulas de graça, massa? Massa! Mas “amanhã” quando tudo isso acabar, será qua vamos continuar com essa mesma quantidade de pessoas acompanhando nosso trabalho? Além do mais, você está oferecendo um serviço que tem custo, de forma gratuita, o pagamento está vindo em forma de views e seguidores, mas será que esse é o valor do seu trabalho? Entregue um gostinho, dê oportunidade, mas não acostumem a sua audiência a consumir algo gratuitamente na íntegra se você cobra por esse serviço diariamente. Ainda que seja online, é TRABALHO. Inspire, dívida, compartilhe, mas deixe o seu produto completo pra entregar para aqueles que estão dispostos a pagar por ele. Atenção, cobrar por um serviço NÃO É ERRADO, cobrar por um produto online TAMBÉM NÃO. Essa pandemia de likes e views vai passar e o que você fez para manter a sua audiência nos dias corriqueiros? Fica aqui uma reflexão para que mantenhamos a força da presença em sala de aula, workshops e aulões.

Enquanto nada é definitivo, precisamos valorizar ainda mais o nosso produto.

Por Manu Gadelha ~ @manugadelha


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Você poderá gostar desses conteúdos:

Últimos posts

A criatividade dentro da Dança, existe só na hora de coreografar?

O quanto estamos comprometidos a fazer o nosso melhor e o que realmente fazemos?

Gestão de Conflito na profissão PROFESSOR

De onde vêm as boa idéias de Steven Johnson

Pandemia das Lives e dos conteúdos gratuitos

O Contato Físico e a Dança